Jacto

A diarreia em bezerros representa uma das principais causas de prejuízos econômicos na pecuária e embora possa ter origem em diversos fatores, envolvendo a interação do animal com o ambiente ou com a nutrição, são as infecções - ocasionadas por vírus (rotavírus e coronavírus) e bactérias (Salmonella sp, Escherichia coli, Clostridium perfringens) - as causas mais significativas deste problema.

Os bezerros, quando se infectam com um desses microrganismos e adoecem, passam a apresentar a diarreia como principal sintoma, acompanhado de uma importante perda de líquidos e eletrólitos, perda de peso, perda de apetite e retardo no desenvolvimento, podendo até mesmo evoluir para a morte. Para evitar esses prejuízos, o pecuarista deve estar atento ao seu manejo para corrigir eventuais desvios e maximizar a sua produtividade.

A forma mais eficaz de reduzir os prejuízos causados pela diarreia é com ações direcionadas ao manejo sanitário da propriedade que foquem na redução dos microrganismos no ambiente, isolamento e tratamento de animais enfermos e a vacinação dos animais. Veja abaixo algumas dicas que o auxiliarão nesse controle:

  1. Promova uma boa limpeza e sanitização regular das instalações em que vivem os animais, buscando minimizar a contaminação local e higienize os bebedouros e comedouros dos animais, evitando a contaminação dos mesmos por patógenos causadores de diarreia.
  2. Ao identificar animais doentes, isole-os dos demais do grupo e promova um tratamento adequado. O tratamento visa corrigir a desidratação através da fluidoterapia e eliminar as bactérias que ocasionam a diarreia, através de um antibiótico efetivo como, por exemplo, a associação de sulfadoxina + trimetoprim. A Venco Saúde Animal possui o antibiótico Trissulmax, que é a base de sulfadoxina e trimetoprim, possuindo uma efetiva ação contra as principais bactérias causadoras da diarreia neonatal.
  3. Estabeleça um bom programa vacinal em sua propriedade. Para prevenção da diarreia nos bezerros, o foco deve ser a vacinação das matrizes 30 dias antes do parto, pois isso promove a formação de anticorpos que serão posteriormente transmitidos aos bezerros, via colostro. Um colostro de boa qualidade, administrado em até 12 horas após o parto, é essencial na defesa do recém-nascido nas primeiras semanas de vida, por ser rico em anticorpos, além de sais e vitaminas.  

 

Ao definir o seu programa vacinal, busque uma vacina efetiva contra as diarreias, como a Paraven da Venco Saúde Animal, que é a vacina mais completa contra diarreias bacterianas em bezerros, protegendo contra a pasteurelose, paratifo, enterotoxemia e colibacilose.

Com estas medidas e dicas simples é possível proporcionar ao seu rebanho uma imunidade adequada, menor incidência de diarreia e consequentemente, menores perdas e maior lucratividade.

 

Larissa Salles Teixeira

Departamento

Técnico Venco Saúde Animal

 


Este conteúdo é de uso exclusivo, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem a prévia autorização do mesmo.




Deixe seu comentário

Safeeds
Matsuda

Facebook

Biotrigo
Vencofarma
Oro Agri
Dispec
Cresol
Bonetti Agronutri
Agral
Calpar