Versão Online

O Brasil vive hoje um cenário histórico de mobilização popular, sejam aqueles a favor ou contra ao atual governo. Apesar do caos que se instala, assim como em toda crise, esse processo é extremamente saudável tendo em vista a evolução e melhoria de segmentos do governo e da política brasileira.    

O objetivo aqui não é discutir política, muito menos tomar partido em relação aos incidentes ocorridos, mas sim, aproveitar o clima de “mobilização popular” e extrapolar o exemplo para podemos desfrutar de proveitos para a sanidade agropecuária de nosso Estado.    

Nenhuma mudança que envolve o interesse popular acontece se não há mobilização do grupo de interesse, dessa forma, unir, discutir, amadurecer e fortalecer idéias, é um processo necessário para essas conquistas.     

Existe uma iniciativa do estado para que essa organização aconteça: os Conselhos de Sanidade Agropecuária Municipais (CSA). O mesmo tem por objetivo unir o serviço público ligado ao setor (Adapar, Emater, Secretarias de Agricultura Municipal, Vigilância Sanitária, etc), que normalmente são os promotores das mudanças, com os interessados do setor privado (representantes de classes de produtores, sindicatos, cooperativas, empresas ligadas ao setor, etc) que normalmente são os mais interessados e influenciados nas mudanças e nas melhorias.    

Melhorias essas que podem ter vários resultados: uma maior sanidade dos rebanhos e lavouras, melhoria do status sanitário do estado e aumento da exportação, como conseqüência melhora no preço do produto, melhora da qualidade e segurança alimentar dos produtos consumidos, resolver problemas pontuais de cada município, como exemplo animais criados soltos, dentre outras.    

Fato é, que somente murmurar diante de um problema nunca, será a melhor opção para resolvê-lo, criticar ações ou omissões de órgãos do governo, não farão com que a situação mude, porém opinar, por mais simples que seja a mesma, no local correto e de forma participativa na discussão, farão com que o diagnóstico e tratamento dos problemas venham de uma forma democrática, amadurecida e com muito mais chance de assertividade.    

Os CSA´s existem desde a década de 90, com exemplos de melhorias na sanidade agropecuária, porém em poucos municípios. Para que esse resultado se multiplique, o Estado do Paraná em conjunto com a FAEP, está realizando um grande esforço para que tenhamos mais CSA´s atuantes e principalmente com envolvimento popular dos produtores e outros segmentos da iniciativa privada.    

Como demonstração e incentivo para que tenhamos essa “mobilização”, nas próximas edições do jornal, nessa coluna, teremos exemplos práticos de conquistas e resultados positivos onde deu-se graças à ação do CSA´s. Não perca, pois são casos muito interessantes!    

Vamos para as ruas protestar e vamos à reuniões que discutam sobre assuntos de nosso interesse, somente assim poderemos fazer um Brasil melhor e uma Agropecuária que nos orgulhe!

Artigo publicado na edição de maio/16

Rafael Salmazo
Médico Veterinário MSc Ciência Animal
Fiscal de Defesa Agropecuária


Este conteúdo é de uso exclusivo, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem a prévia autorização do mesmo.




Deixe seu comentário

Facebook

Enquete

Qual sua atividade?

Pecuária
Avicultura
Ovinocultura
Agrícola
Outra