Jacto

Obter um melhor aproveitamento de recursos, com alta produtividade e o mínimo de prejuízos possíveis estão entre os principais desafios da produção animal. Com a suinocultura não poderia ser diferente. O produtor precisa se preparar para os desafios, avaliar o panorama geral da atividade e buscar sempre bons indicadores para isso. Dentre os indicadores disponíveis, o índice de leitões desmamados/porca/ano tem papel de destaque na produtividade. E embora esse índice possa sofrer influência negativa de alguns fatores, como as doenças infecciosas neonatais, com a adoção de medidas simples é possível minimizar o problema.

Os suínos nascem completamente suscetíveis às enfermidades infecciosas e caso adoeçam podem morrer nos seus primeiros dias de vida. A causa dessa completa desproteção é o tipo de placenta que a espécie possui, que não permite a passagem de células de defesa da mãe para os leitões durante a gestação.

Dessa maneira, a principal forma de adquirir proteção após o nascimento é através do colostro, que fornecerá as células de defesa que o leitão precisa, até que ele mesmo seja capaz de desenvolve-la. Para obter um colostro de boa qualidade é fundamental vacinar a fêmea durante a gestação, assim, ela será capaz de produzir as células de defesa e transferi-las à leitegada.

Como o foco é proteger os leitões logo após o nascimento e um dos principais problemas neste período é a diarreia neonatal, o produtor deve optar por uma vacina completa contra os mais importantes agentes causadores da doença, destacando-se o Rotavírus, o Clostridium perfringens e a Escherichia coli. A vacina Serkel Gastro RV da Venco Saúde Animal é o único produto disponível que possui em sua composição estes três principais agentes. Além disto, trata-se da única vacina disponível no mercado que protege contra o Rotavírus, importante agente envolvido no problema. A Serkel Gastro RV, portanto, é capaz de oferecer a mais completa cobertura vacinal contra a diarreia neonatal.

O protocolo recomendado é vacinar as marrãs ou animais nunca vacinados com 2 doses, com intervalo de 21 dias (aos 80 e aos 101 dias de gestação). Para o protocolo de revacinação das porcas, recomenda-se 1 dose, entre 90 e 100 dias de gestação.

Além de promover a vacinação da fêmea, é preciso garantir que o colostro seja administrado aos leitões nas primeiras 6 horas de vida, preferencialmente, e que todos os animais o recebam. A quantidade de colostro ingerida por cada animal tende a diminuir à medida que o número de animais nascidos de um mesmo parto aumenta e o produtor deve estar atento a isso. Esse fato se torna ainda mais evidente em leitegadas acima de 17 animais, que ingerem uma média de 190 g/leitão de colostro, abaixo do mínimo recomendado que é de 200 g/leitão (DEVILLERS et al., 2011; LE DIVIDICH, ROOKE, HERPIN, 2005; QUESNEL et al., 2012).

A administração de um colostro de qualidade, na quantidade e no tempo corretos, obtido pela execução do protocolo vacinal adequado, é crucial no desempenho dos suínos, principalmente em relação ao peso de abate, peso intermediário e taxa de mortalidade após o nascimento (DECLERCK et al., 2016). Com essa prática simples é possível melhorar significativamente o desempenho dos animais e os índices produtivos da granja.

 

 

REFERÊNCIAS:

  1. DECLERCK, I.; DEWULF, J.; SARRAZIN, S.; MAES, D. Long-term effects of colostrum intake in piglet mortality and performance. Journal of Animal Science, v. 94, n.4, p. 1633-43, 2016.
  2. DEVILLERS, N.; LE DIVIDICH, J.; PRINIER, A. Influence of colostrum intake on piglet survival and immunity. Animal, v. 5, n.10, p. 1605-1612, 2011.
  3. LE DIVIDICH, J.; ROOKE, J. A.; HERPIN, P. Review
  4. . Nutritional and immunological importance of colostrum for the newborn pig. Journal of Agricultural Science, v. 143, p. 469–485, 2005.

QUESNEL, H.; FARMER, C.; DEVILLERS, N. Colostrum intake: Influence on piglet performance and factors of variation. Livestock Science, v. 146, p. 105–114, 2012

 

 

M.V. Larissa Salles Teixeira

Departamento Técnico

Venco Saúde Animal

Artigo publicado na edição de Abril/18


Este conteúdo é de uso exclusivo, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem a prévia autorização do mesmo.




Deixe seu comentário

INOBRAM
Safeeds

Facebook

Biotrigo
Oro Agri
Real H
Cresol
Bonetti Agronutri