Jacto

*Sérgio Coutinho

Os parasitas forçosamente tolhem dos outros os meios para a sua própria prosperidade. Os da espécie das galhas (Meloidogyne), por exemplo, afetam mais de 2.000 espécies de plantas no mundo. Eles se instalam dentro de suas raízes causando cistos, drenando nutrientes, nós e ramificações nas raízes, reduzindo drasticamente a produtividade e tornando tubérculos, como batatas e cenouras, não-comercializáveis. É um problema sério e recorrente na agricultura.

Os nematoides das lesões radiculares (Pratylenchus) que são muito prejudiciais para culturas como soja e cereais. Eles perfuram as raízes e extraem o conteúdo das células das plantas, deixando um rastro de óvulos que matam essas estruturas. Assim, enfraquecem a lavoura e o efeito se torna drástico na produtividade. Eles ainda podem sobreviver inativos durante o período de seca dentro das raízes mortas até que seja plantada a próxima safra.

Esses parasitas representam uma perda de produção agrícola significativa, tornando os alimentos mais caros e escassos. Segundo a Sociedade Brasileira de Nematologia, os prejuízos anuais chegam a R$ 35 bilhões, só no Brasil.

Tudo isso é custeado por mim, por você, por nós. Cada café da manhã, cada marmita, cada pãozinho na padaria e a cada refeição que compartilhou com a sua família foi mais cara por causa destes parasitas.

Infelizmente, as soluções eram, até hoje, ou muito caras e ineficientes, ou extremamente tóxicas ao ambiente e à população. Por estes motivos, o controle dos nematoides acaba passando por parar a produção e plantar culturas sem grande valor, nas quais estes parasitas não se reproduzem.

A Zasso está desenvolvendo e lançará em breve uma tecnologia que controla os nematoides sem utilizar qualquer produto químico, toxina, ou efeitos residuais. O desenvolvimento tecnológico é 3D: difícil, desafiador e demorado. Desta maneira, esse é um potencial a ser explorado, ainda não uma realidade. Sabemos que é possível, sabemos que funciona, sabemos que é 3E: eficaz, eficiente e econômico.

Ainda temos muitos passos até esse nosso piloto se transformar em uma realidade. Mas, desenvolvemos diversas tecnologias utilizadas em diversos lugares do mundo para resolver outros problemas com princípio físico da eletricidade, e vamos resolver este também.

*Fundador e Co-CEO do Grupo Zasso

 


Este conteúdo é de uso exclusivo, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem a prévia autorização do mesmo.




Deixe seu comentário

J Malucelli
INOBRAM

Facebook

Biotrigo

Enquete

Qual sua atividade?

Pecuária
Avicultura
Ovinocultura
Agrícola
Outra

43,16% : Pecuária
13,92% : Avicultura
4,87% : Ovinocultura
26,80% : Agrícola
11,25% : Outra

Safeeds