Jacto

No objetivo de propiciar melhores condições de ambiente ruminal às vacas em lactação submetidas a dietas cada vez mais desafiadoras, podemos optar pelo uso de aditivos com poder tampão. Naturalmente através da saliva, os ruminantes secretam bicarbonatos e fosfatos, os quais em vacas em situação de pastejo são mais que suficientes para impedir quadros de acidose ruminal. Quando opta-se pelo uso de dietas mais ricas em amido e pobres em fibra fisicamente efetiva (que estimula ruminação), os riscos de acidose são aparentes e podem trazer prejuízos à fazenda, como exemplo, podemos citar situações de uso de silagem de milho com alta concentração de grãos e finamente picada, ou somente baixa proporção de volumosos em relação a carboidratos fermentáveis.

            Como tamponante tradicional podemos citar o bicarbonato de sódio com poder de prevenir o aumento da acidez ruminal. Já como alcalinizante, o óxido de magnésio se destaca com potencial de reduzir a acidez do meio. 

 

Leia artigo completo: http://folhaagricola.com.br/versaoweb

Artigo publicado na edição de Fevereiro/18 da Folha Agrícola

 

Rodrigo Chaves

Médico Veterinário


Este conteúdo é de uso exclusivo, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem a prévia autorização do mesmo.




Deixe seu comentário

Safeeds
Cresol

Facebook

Biotrigo
Oro Agri

Enquete

O que você acha da Erradicação da Febre Aftosa no Brasil?

Muito bom, uma conquista da Pecuária!
Isso é péssimo, a doença pode voltar com maior intensidade.

93,10% : Muito bom, uma conquista da Pecuária!
6,90% : Isso é péssimo, a doença pode voltar com maior intensidade.

Matsuda

Promoção produtor rural com Eletrificador NOVO!

Promoção produtor rural com Eletrificador NOVO!

Saiba mais...


Rehagro
Bonetti Agronutri