Jacto

Você se preocupa mais com a suplementação e deixa o manejo de pasto de lado? Não faça isso. O planejamento e equilíbrio devem ser o foco do negócio. Saiba manejar o pasto de acordo com as estações do ano, ajustar o número de cabeças e realizar adubações e correções de forma correta. Adotando métodos eficientes de manejo de pastagem você certamente aumentará a produtividade da sua fazenda.

DE OLHO NO PLANEJAMENTO FORRAGEIRO

Pense no seguinte: Você tem uma área de mil hectares e quer colocar duas mil cabeças nesse espaço. É viável fazer isso? Eu vou conseguir ter o desempenho que eu preciso de ganho de peso desses animais e sustentar o bom rendimento da fazenda o ano inteiro com essa taxa de lotação? Será que eu estou considerando as diferenças de produção de matéria seca da forragem nas estações do ano? A resposta é não! Antes de simplesmente comprar um número de cabeças e alocar na fazenda ou comprar  todo o adubo e corretivo para aquela área, deve haver um planejamento prévio, levando-se em conta a área de forragem efetiva disponível, os dados climáticos da sua região (temperatura ao longo dos meses, índice pluviométrico e taxa de luminosidade). Ah! Não podemos esquecer de um detalhe fundamental, observar o fluxo de caixa da fazenda, principalmente quando pensamos em intensificação de áreas..

 

PREJUÍZO: A ALTA LOTAÇÃO INDISCRIMINADA DA FAZENDA ACABA ACARRETANDO NA DEGRADAÇÃO DO PASTO. NO LUGAR DA FORRAGEM DEGRADADA COMEÇAM A SURGIR AS PLANTAS INVASORAS. O QUE OCASIONA EM UMA MENOR ÁREA EFETIVA DE PASTO, REDUZINDO AINDA MAIS A CAPACIDADE SUPORTE DA FAZENDA. ISSO SE SEGUE POR MAIS TEMPO DE LOTAÇÃO ALTA, LEVA O PRODUTOR A TER QUE REFORMAR O PASTO PARA NOVAMENTE CONSEGUIR AUMENTAR A CAPACIDADE SUPORTE DA FAZENDA.

 

NÃO ESQUEÇA DA MANUTENÇÃO DE FERTILIDADE DO SOLO

A utilização de corretivos e fertilizantes é fundamental para a manutenção do pasto e para manter elevada a capacidade suporte da fazenda. Não se esqueça de que as forragens  são culturas perenes, resistentes, mas que precisam de manejo e adubações adequadas. O ideal é que todo ano você analise o solo da fazenda, e planeje intervenções precisas de acordo com a análise no momento correto. Um dos pontos importantes na escolha da forrageira, sem dúvida é a fertilidade da área a ser implementada. Agora, colocar forrageiras mais exigentes em solos pobressem realizar a correção e adubação da pastagem, pode gerar queda da produtividade e consequente degradação.

 

DIFERENÇAS DE MANEJO: É PRECISO SABER AS CARACTERÍSTICAS DE CADA GRAMÍNEA PARA PODER MANEJÁ-LA DE FORMA ADEQUADA, POR EXEMPLO, CADA GRAMÍNEA DEVE SER MANEJADA EM SISTEMAS DE PASTOREIO ROTATIVO OU CONTÍNUO DE ACORDO COM A ALTURA DE ENTRADA E SAÍDA DEFINIDAS ATRAVÉS DO CRITÉRIO DE INTERCEPTAÇÃO LUMINOSA E POR FAIXA DE ALTURA RESPECTIVAMENTE. QUANDO NÃO MANEJAMOS DENTRO DESSES CRITÉRIOS CORREMOS SÉRIOS RISCOS DE REDUZIR DESEMPENHO ANIMAL, DEGRADAR O DOSSEL ENTRE OUTROS FATORES PREJUDICIAIS A PRODUÇÃO.

 

 

O ERRO DA ADUBAÇÃO SEM AJUSTE DE CARGA

 

O ajuste de carga, ou seja: Relacionar a carga animal à disponibilidade de forragem, é ponto fundamental para aumentar a produtividade. Deve-se ter em mente quanto do pasto produzido é possível colher através da eficiência de pastejo sem que a condição de crescimento do pasto seja afetada de forma negativa.

 

DICA IMPORTANTE: NÃO ADIANTA ADUBARMOS PARA PRODUZIR MAIS FORRAGEM, SE NÃO TIVERMOS RECURSO EM CAIXA. POIS, SE NÃO CONSEGUIRMOS COMPRAR O NÚMERO DE CABEÇAS IDEAL PARA AJUSTAR A LOTAÇÃO, MUITO TEMPO E DINHEIRO SERÁ PERDIDO. ALÉM DE TER DESEMBOLSADO UM ALTO VALOR COM INSUMOS, A QUALIDADE DA PASTAGEM IRÁ CAIR, POIS O PONTO DE COLHEITA DESSA PROVAVELMENTE IRÁ PASSAR E ENTÃO OCORRERÁ UM ALONGAMENTO DE HASTES E CONSEQUENTEMENTE UMA QUEDA NO DESEMPENHO DOS ANIMAIS. ASSIM, O CUSTO/@ IRÁ AUMENTAR, PIORANDO O RESULTADO DA FAZENDA.

Artigo publicado na edição de  Abril/17


Este conteúdo é de uso exclusivo, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem a prévia autorização do mesmo.




Deixe seu comentário

Safeeds
Cresol

Facebook

Biotrigo
Oro Agri
Vencofarma
Dispec
Rehagro
Calpar
Agral
Bonetti Agronutri