Jacto

Olá amigos leitores, nos próximos meses minhas matérias serão um pouco diferente das habituais. Primeiramente gostaria de me apresentar oficialmente à vocês, me chamo Viviann Yndiana Einsfeld, tenho 22 anos, nasci em Pato Branco porém vivi toda minha trajetória em São Jorge D’Oeste no estado do Paraná. Sou acadêmica de Agronomia na Universidade Tecnológica Federal do Paraná campus Dois Vizinhos e durante minha graduação fui bolsista do Programa de Educação Tutorial (PET)-Produção Leiteira e participei como voluntária em grupos de iniciação cientifica como: ciência dos solos e sistemas de integração lavoura-pecuária.    

Atualmente estou afastada da universidade para a realização de um grande sonho e objetivo, realizar um INTERCÂMBIO. Desde março estou vivendo na fazenda Cinnamon Ridge Farms localizada no cinturão agrícola do Estados Unidos mais especificamente no município de Donahue, estado de Iowa. A fazenda está em sua sexta geração e é composta por John e Joan Maxwelll que coordenam as atividades, enquanto Amy, filha de John, formada em Economia e Gestão Agrícola atua diretamente na produção. Somos em três estagiários, um é originário da Suíça e o outro da Alemanha.    

Além do trabalho na fazenda, cada estagiário dois dias na semana parte em busca de mais conhecimento participando das atividades da Maddens Ag Service, empresa prestadora de serviços da Pioneer. Lá acompanhamos os engenheiros agrônomos no desenvolvimento das atividades com soja, milho e alfafa, desde plantio até a colheita. Incluindo levantamento de áreas, correção e fertilização dos solos, agricultura de precisão, monitoramento de pragas e doenças nas lavouras e colheita em diferentes propriedades.    

A fazenda Cinnamon Ridge Farms é composta por 1.100 acres ou 445 hectares que são utilizados para a produção de grãos e leite (foco principal), criação de gado de corte, suínos e frangos. Os 6.600 litros de leite produzidos diariamente são originários de 220 vacas Jersey em sistema de confinamento Free Stall, subdivididas em dois lotes, enquanto o sistema de ordenha é todo robotizado contando com quatro robôs Lely, dois em cada lote, estes ordenham os animais 24 horas por dia. As vacas são autorizadas a entrar no equipamento com um intervalo mínimo de 4 horas assim aumenta o estímulo à produção de leite e caso estas atinjam 12 horas de intervalo sem serem ordenhadas são submetidas ao robô pois acima deste subentendesse que as glândulas mamárias estão cheias faltando local para armazenagem e retardando a produção.    

Já a parte agrícola é composta por soja e milho destinados para venda em forma grãos. Enquanto parte do milho, alfafa e triticale são processados e armazenados para alimentação dos animais no decorrer do ano, já que durante o inverno não se produz grãos e forragens devido à grande presença de neve e baixas temperaturas.    

Merece destaque a produção de queijo na própria propriedade, parte do leite é destinado ao laticínio adjunto, onde o leite será processado e transformado em queijo Cheddar ou Gouda. Outro aspecto que chama atenção é a loja localizada próximo à rodovia que cruza a fazenda, lá são comercializados diversos produtos frescos como queijo, carne, ovos e panificações todos oriundos da própria produção mas o mais curioso é que não existe atendentes, o público simplesmente chega, escolhe o produto e deposita o dinheiro correspondente às mercadorias em uma pequena caixa localizada dentro da loja e acreditem funciona.    

Outro fato marcante é a visita de diversos grupos do mundo todo durante o ano devido a diversidade encontrada na fazenda, John relata que no último ano recebeu cerca de 6.000 pessoas, onde 3.000 eram oriundos diversos países, incluindo grupos brasileiros, suecos, alemães, húngaros, chineses, entre outros. Também há a opção de tours para crianças, adolescentes e estudantes, dessa maneira pessoas que vivem em grandes centros tem a oportunidade de conhecer e vivenciar a vida do campo.    

Maiores informações sobre a fazenda podem ser encontradas no site www.tourmyfarm.com ou através da página do Facebook: Cinnamon Ridge Farms e Madden Ag Services. Nas próximas edições focarei em áreas especificas, tentando mostrar as diferenças do sistema produtivo norte-americano quando comparado ao brasileiro. E por fim o grande desafio, sair do aconchego da casa de seus pais, deixar para trás o cheiro de roupa limpa e comida preparada carinhosamente pela sua mãe, decolar do seu país quente e caloroso e desembarcar em um país frio e com neve, com outro idioma, conviver harmonicamente com pessoas de culturas e costumes contrários aos seus, se deparar com um sistema produtivo totalmente diferente, ter que reaprender tudo novamente, ter um trabalho árduo todos os dias é sem dúvida um enorme desafio mas o crescimento pessoal e profissional que estou vivenciando vale todo o esforço depositado.

Artigo publicado na edição de Maio/17

Viviann Y. Einsfeld
Acadêmica de Agronomia – UTFPR-DV
Estagiária Cinnamon Ridge Farms e Madden Ag Services (Pioneer)
einsfeld.viviann@gmail.com


Este conteúdo é de uso exclusivo, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem a prévia autorização do mesmo.




Deixe seu comentário

Safeeds

Facebook

Matsuda
Biotrigo
Bonetti Agronutri
Oro Agri
Fankhauser
Cresol
Dispec
Agral
Vencofarma