Jacto

Nesse dia 12 de outubro se celebra nacionalmente o Dia do Engenheiro Agrônomo, profissão que também é celebrada mundialmente no dia 13 de setembro.

Em outra Edição da folha Agrícola tive a oportunidade de saudar essa Nobríssima profissão através de um texto, hoje retorno aqui por um motivo ainda mais especial: A positiva avaliação do MEC NO Enade, onde o Curso de Agronomia da nossa UTFPR Campus Dois Vizinhos que obteve conceito máximo, sendo ainda o terceiro Melhor avaliado no País e o melhor avaliado entre as Instituições Federais.

Esse resultado extremamente expressivo para um curso tão jovem (apenas 6 anos de funcionamento), logicamente nos enche de orgulho, mas também nos faz pensar no tamanho da responsabilidade que temos enquanto Professores, que é preparar os futuros Agrônomos para trabalharem nesse contexto Agrícola cada vez mais mutável e dinâmico.

Mas nosso curso é capaz de encarar esse desafio muito devido as suas características mais marcantes. Possuímos um corpo docente extremamente qualificado, uma excelente estrutura Física e o diferencial de possuir uma Fazenda Experimental de cerca de 92 hectares de área útil para vivenciar todas as experiências e vivencias relacionadas ao ambiente de produção Agrícola.

Outro diferencial da nossa formação profissional é o perfil de nossos alunos. Temos um grande percentual de alunos oriundos da Região Sudoeste do Paraná, muitos destes com famílias de origem rural, resultando em alunos com uma relação estreita com sua área de formação, fazendo com que a taxa de desistência do curso seja bastante baixa.

Também contribui para a formação qualificada de nossos estudantes a inserção na Pesquisa e Extensão do nosso Corpo Docente. Essa inserção permite uma constante atualização dos Docentes e incentiva que os alunos também se envolvam com os projetos de Pesquisa e Extensão, permitindo o desenvolvimento de senso crítico e vivência aos nossos estudantes, além de possibilidades de inserção em Instituições dentro e fora do nosso País.

Todos esses fatores contribuem para que os profissionais egressos de nossa instituição já tenham um boa inserção no mercado de trabalho e nos Cursos de Pós-Graduação, proporcionando dessa forma solida aos profissionais formados na nossa Instituição.

Dessa forma, entendemos que a formação de um profissional de qualidade se dá através da soma de vários fatores, desde o contexto desse aluno fora da Universidade , passando pelo aproveitamento desse profissional nos “bancos escolares”, até o aproveitamento das oportunidades que esse aluno tem fora da sala de aula, dependente também da força de vontade desses alunos.

Nosso papel como Instituição é zelar para que as condições básicas para que essa soma de fatores aconteça. Temos que nos exigir ao máximo para que os nossos egressos se fixem no mercado, permaneçam e se destaquem, fazendo com o nosso “Sobrenome” Institucional permaneça forte frente ao mercado profissional.

Assim, nosso desafio e a nossa responsabilidade só faz aumentar, temos o desafio de nos mantermos na Elite dos Cursos de Agronomia do País, formando excelentes  profissionais para atuarem firmemente na difícil e honrosa função alimentar o mundo. Longa vida e parabéns  aos Agrônomos e aos futuros Agrônomos!

 

Artigo publicado na edição de Outubro/17

Lucas da Silva Domingues
Coordenador do Curso de Agronomia da UTFPR- DV




Deixe seu comentário

Safeeds

Facebook

Biotrigo
Matsuda
Bonetti Agronutri
Oro Agri
Dispec
Cresol
Rehagro
Agral
Vencofarma