Jacto

Chuvas limitaram um pouco o fluxo

 

A colheita da soja brasileira na safra 2019/2020 chegou a 63,5% da área total, segundo mais recente levantamento do analista-chefe da DATAGRO Grãos, Flávio Roberto de França Júnior. De acordo com ele, existe um certo atraso de 4,2% nos trabalhos, em relação ao mesmo período do ano passado, sendo a que média da colheita dos últimos cinco anos gira em torno de 56,3% da área. 

 

“De novo, o registro de chuvas parciais sobre parte da região produtora limitou um pouco o fluxo. De todo o modo os trabalhos puderam avançar nos intervalos entre as precipitações”, diz França Júnior. “Mantemos resultados obtidos de rendimento médio dentro ou acima das expectativas, trazendo a possibilidade de alguns ajustes nas projeções nos próximos levantamentos. Mas esse não é o quadro nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, que sofreram perdas consideráveis na temporada, e ainda seguem com clima irregular neste momento”, completa. 

 

Em relação ao milho, a colheita da safra de verão 2019/20 de milho na região Centro-Sul do Brasil chegou a 54,7% da área prevista. Quando comparado com o mesmo período do ano passado, existe um adiantamento de 6,7% nos trabalhos e a média da colheita dos últimos cinco anos gira em torno de 48,2% da área. 

 

“O plantio da 2a. safra 2019/20 de milho na região Centro-Sul do Brasil avançou para 90,4% da área estimada, também considerando a data de 13 de março. Na comparação com o mesmo período do ano passado, verifica-se atraso de 1,5% nos trabalhos. Já a média do plantio nos últimos cinco anos gira em torno de 87,2% da área”, conclui a DATAGRO, por meio de sua assessoria de imprensa. 




Deixe seu comentário

INOBRAM
J Malucelli
Safeeds

Facebook

Sicredi
Oro Agri
Biotrigo
Cresol
Bonetti Agronutri