Jacto

Segundo especialista, uso de dados e informações na decisão de compras podem equilibrar períodos de altas nos insumos

Os aumentos dos custos de produção do setor agropecuário estão preocupando produtores de diversas culturas e criações. Um dos principais reflexos para esta elevação está nos preços dos insumos, principalmente dos fertilizantes, máquinas e equipamentos agrícolas e combustíveis. Em alguns casos, a alta superou 100%, chegando próximo a 300%. E o aumento nos custos de grãos impacta nos produtos de origem animal, como leite, aves e suínos, no qual produtores vem amargando com custos excessivos em alguns casos, ainda afetados pelos problemas do clima como a estiagem.

O consultor Márcio Gonçalves, diretor da Criavalor consultoria, lembra que há seis meses o preço do diesel era R$ 3,60 e hoje já está rompendo a barreira dos R$ 4,20. O mesmo se observa na gasolina que estava em patamares de R$ 4,20 e hoje está a R$ 6,40. "Isto impacta diretamente nos custos das atividades. Mesmo sendo o diesel o principal combustível da produção, a gasolina também é utilizada nas roçadeiras, nos geradores, cortadores de grama e em veículos leves que acabam atendendo a família e funcionários", observa.

O especialista ressalta que entre os fatores que influenciaram este aumento estão o câmbio, a falta de planejamento (ou impossibilidade) para a realização das compras antecipadas e a falta de alguns insumos no mercado, pressionaram as cotações para cima. "Mesmo assim, devemos ter um olhar positivo para os preços das commodities. Logo, fica cada vez mais necessária a profissionalização das atividades na cadeia produtiva do agro, tanto da porteira para dentro, assim como da porteira para fora", explica.

Gonçalves reforça que o processo de tomada de decisão das compras está mais dinâmico, ou seja, rápido e deve ser baseado em dados. Dados estes também da porteira pra dentro, conseguindo assim, ter informações mais alinhadas com o que está de fato acontecendo. "Por isso, manter-se informado e consultar diferentes tipos de players, com diferentes visões, contribuirá para a formação de uma visão realista do seu negócio, podendo tomar as decisões mais acertadas para manter e melhorar as suas atividades", justifica.

O diretor da Criavalor salienta que no momento do fechamento de um ciclo de lavoura o resultado apresentado é extraordinário. Porém quando se começa a apurar os preços dos insumos para o próximo ciclo as margens, obtidas na lavoura anterior, começam a sumir, pois os preços dispararam. "Resta acreditarmos que os preços seguirão tendência de alta para pagarmos o novo patamar de custos, que a produtividade será boa para contribuir para o resultado e que a demanda seguirá latente", finaliza Gonçalves.

Foto: Divulgação
Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective




Deixe seu comentário

J Malucelli
INOBRAM

Facebook

Biotrigo

Enquete

Qual sua atividade?

Pecuária
Avicultura
Ovinocultura
Agrícola
Outra

43,16% : Pecuária
13,92% : Avicultura
4,87% : Ovinocultura
26,80% : Agrícola
11,25% : Outra

Safeeds